Seu navegador não suporta ou está com o JavaScrip desabilitado, por conta disso, pode ocorrer falhas nesse site.

A Justiça do Trabalho da 15ª Região (Campinas-SP) usou pela primeira vez o aplicativo WhatsApp para promover acordo de conciliação entre um trabalhador e uma empresa. As partes do processo fizeram toda a negociação pelo celular e só tiveram de ir ao Fórum Trabalhista para assinar a documentação.

Essa é uma das maneiras inteligentes de se utilizar a tecnologia e com certeza, em favor da agilidade e da eficácia.

Por outro lado, vale sempre lembrar que a agilidade de um aplicativo como o Whatsapp também tem influenciado na disseminação de conteúdos indevidos, principalmente os ligados a sexo, menores de idade, falsidade ideológica, liberdade de expressão, preconceito, invasão de privacidade e direito à imagem. Fiquemos atentos e busquemos sempre apoio jurídico antes de qualquer negociação.

Mais Notícias

Tem uma pessoa devendo pra mim... 19 de novembro

A dívida é uma situação mais comum do que parece. Mas não por isso, menos desconfortável. Para ressarcir valores...

O que configura abandono de la... 6 de novembro

O abandono de lar é dúvida para muitas pessoas. Não raro, recebemos a seguinte questão: Se sair de casa,...

Tudo sobre o 13º salário 28 de outubro

Final do ano está chegando e muitos começam a planejar suas finanças para os meses seguintes. Presentes natalianos, gastos...