Seu navegador não suporta ou está com o JavaScrip desabilitado, por conta disso, pode ocorrer falhas nesse site.

Em 22 de dezembro de 2014, foi aprovado o projeto de lei que altera o Código Civil e torna a guarda compartilhada não mais uma escolha dos pais. Se não houver acordo entre eles, a guarda será determinada pelo juiz como compartilhada.

Mas para que serve a guarda compartilhada? O objetivo da nova aprovação é que o tempo de convivência dos pais com os filhos seja dividido de forma justa entre a mãe e o pai. Com a guarda compartilhada a residência da criança será fixa e a pensão será dividida de acordo com a definição feita pelo juiz, independentemente de quem passar mais tempo com o filho.

De acordo com cada caso, o juiz deverá avaliar para decidir a forma mais adequada de guarda compartilhada.

Se você tem filhos, mas não convive com o genitor/genitora, e gostaria de solicitar a guarda compartilhada, o pedido deve ser feito ao juiz por meio de uma ação. Contar com um advogado é sempre indicado.

Mais Notícias

Tem uma pessoa devendo pra mim... 19 de novembro

A dívida é uma situação mais comum do que parece. Mas não por isso, menos desconfortável. Para ressarcir valores...

O que configura abandono de la... 6 de novembro

O abandono de lar é dúvida para muitas pessoas. Não raro, recebemos a seguinte questão: Se sair de casa,...

Tudo sobre o 13º salário 28 de outubro

Final do ano está chegando e muitos começam a planejar suas finanças para os meses seguintes. Presentes natalianos, gastos...