Seu navegador não suporta ou está com o JavaScrip desabilitado, por conta disso, pode ocorrer falhas nesse site.
Dicas sobre aviso prévio 12 agosto, 2019

Quando o trabalhador decide se desligar da empresa ou é desligado com ou sem justa causa deverá conversar com o empregador sobre o aviso prévio. Em cada caso a forma como o aviso prévio será cumprido pode ser diferente.

O aviso prévio é basicamente, no caso do desligamento feito a pedido do trabalhador, uma forma de salvaguardar o empregador para que nesse período após a comunicação do desejo de desligamento encontrar outra pessoa para a referida vaga ocupada por você.

“No caso do desligamento do funcionário por parte do empregador é uma forma de salvaguardar o empregador do desligamento inesperado do trabalho. O aviso prévio normalmente é de trinta dias. Esses dias são pagos pelo empregador, ou seja, você recebe por esses dias trabalhados junto com a sua rescisão”, esclarece Dr. Mark William Monteiro.

“Dica de ouro: o funcionário tem direito a sair um pouco mais cedo. Este tempo pode ajudar na busca de uma nova vaga no mercado”, finaliza Dr. Mark.

Clique e confira o vídeo completo

Mais Notícias

As expectativas e propostas do... 26 de setembro

O sócio proprietário da Monteiro & Valente Advogados Associados, Mark William Ormenese Monteiro, foi eleito como presidente da Associação...

Mark William é o novo preside... 11 de setembro

O advogado e empresário Mark William Ormenese Monteiro, sócio-proprietário do Monteiro & Valente Advogados Associados, é o novo presidente...

Quando é preciso pagar pensã... 16 de agosto

O Estado de São Paulo registrou, de janeiro a outubro de 2018, uma média diária de 64,8 prisões de...